Areia Branca: Cadela filhote é resgatada após sofrer maus-tratos; agressora responderá pelo crime

Um caso de maus-tratos contra uma cadelinha filhote chocou Areia Branca, na Costa Branca Potiguar. O caso aconteceu no último dia 7 de junho.

Um vídeo gravado por uma pessoa anônima mostra o momento em que a mulher agride o animal com uma vassourada.A cadelinha estava amarrada, sem abrigo e com comida infestada de formigas.

O caso chegou ao conhecimento da 42ª Delegacia de Polícia Civil de Areia Branca. De acordo com o delegado Raphael Laboissière, os policiais junto com a equipe do Instituto Renata Praxedes foi até a casa onde estava a cadela e como não havia ninguém foi preciso arrombar a porta para que o resgate fosse feito.

A agressora não foi localizada, mas responderá por maus-tratos. Segundo a Lei 14.064/2020, a pena para maus-tratos a cães e gatos é de 2 a 5 anos de reclusão.

“Ela será intimada e, posteriormente, será encaminhado um relatório para o Ministério Público e Judiciário concluindo a investigação”, disse o delegado.

Doações para ajudar nas despesas veterinárias da cadelinha podem ser feitas via PIX (institutorenatapx@gmail.com).

Foto: Divulgação

 

 

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!