Brasil assume pela primeira vez a presidência temporária do G20

O Brasil, sob a gestão de Luiz Inácio Lula da Silva, assume nesta sexta-feira (1º) a presidência temporária do G20, grupo que reúne as principais economias do mundo e que vai contar neste ano com a presença da União Africana. A avaliação do governo é que o país tem que usar essa posição para exercer influência e, assim, pôr em prática temas que tem defendido, como o combate às mudanças climáticas e às desigualdades.

O mandato da presidência temporária tem duração de um ano e se encerrará em 30 de novembro de 2024. É a primeira vez que o país ocupa essa posição na história do grupo no formato atual, tendo organizado uma reunião do nível ministerial em 2008, em São Paulo. Nessa fase, o Brasil vai criar duas forças-tarefa: combate à desigualdade e aliança global contra a fome e contra a mudança do clima.

Durante o mandato, o Brasil vai organizar mais de cem reuniões de grupos de trabalho, que serão realizadas virtual e presencialmente, e outras 20 reuniões ministeriais. O ponto mais alto será a próxima cúpula do G20, programada para os dias 18 e 19 de novembro do ano que vem, no Rio de Janeiro.

R7

Foto: Ricardo Stuckert

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!