Caern intensificará fiscalização de ligações irregulares em todo o Estado

As ações de fiscalização e combate a fraudes serão intensificadas pela Caern com a contratação de empresa terceirizada que terá atuação em todo o Estado. O serviço engloba fiscalização de ramais de água cortados, suprimidos e que podem ser realizadas, bem como de ramais ativos com indícios de fraudes. Com este trabalho a Companhia reduzirá as perdas de faturamento que hoje estão em 39,82%, conforme informações oficiais do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS).

Esse percentual impacta diretamente as perdas totais, que englobam perdas de faturamento e de distribuição. Ou seja, o maior impacto na Companhia não é decorrente de vazamentos ou situações operacionais, mas das ligações clandestinas feitas à revelia da Companhia. Ainda conforme o SNIS, a perda total da Companhia é de 51,43%, dentro de uma média da região Nordeste, cenário diferente do observado dez anos atrás, quando as perdas da Companhia estavam em 60%.

O trabalho de fiscalização tem início previsto para outubro e utilizará a tecnologia de georadar, equipamento que consegue detectar qualquer tipo de tubulação, cabos ou estruturas enterradas em até oito metros de profundidade, sem a necessidade de escavação. Por mês serão fiscalizados aproximadamente 2.500 imóveis, totalizando 150 mil imóveis ao fim de cinco anos, tempo de duração do contrato.

“O combate ao desvio de água proporciona um abastecimento melhor para toda a população, já que a produção de água leva em consideração as ligações ativas”, explica o Diretor Presidente, Roberto Linhares.

CRIME
As ligações clandestinas de água são as irregularidades mais comuns encontradas pela Caern. Elas são feitas diretamente na rede sem o conhecimento da Companhia. Elas prejudicam o sistema na totalidade, pois não são quantificadas, prejudicando o equilíbrio do abastecimento. É importante que denúncias sobre esse tipo de crime sejam informadas a Caern pelos canais de atendimento.

Ao constatar a irregularidade, a Caern aplica multas e suspensão no fornecimento de água. A multa pode variar de acordo com o cálculo do acumulado atrasado que é feita pelo sistema GSAN. Furto de água é crime e é passível de prisão.

 

PERFORMANCE
A Caern, também, está trabalhando na elaboração de um contrato de performance. Após contratada, a empresa realizará uma atualização cadastral, em Natal, e atuará em ações comerciais em parte dos imóveis atendidos pela Companhia. A empresa será remunerada através da melhoria de arrecadação da Caern. Por exemplo, se a empresa substituir 100 mil hidrômetros e isso aumentar a arrecadação em 100 mil reais, empresa será remunerada com base nesse aumento. A previsão é que a licitação seja realizada ainda neste semestre.

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!