Caso Neném Borges: Suspeito de matar prefeito no interior do RN é preso em São Paulo

O principal suspeito do assassinato do prefeito de São José do Campestre/RN. Joseilson Borges da Costa, o Neném Borges, foi localizado e preso, no município de Guarulhos, no estado de São Paulo. Em desfavor de Vando Fernandes Gomes, “o Vandinho”, de 22 anos, existia um mandado de prisão preventiva pelo crime de homicídio.

A prisão aconteceu durante uma abordagem feita pela Polícia Militar de SP na última sexta-feira (19). Ao conferir os documentos do suspeito, os policiais paulistas constataram que ele possuía um mandado de prisão pelo crime de homicídio contra o prefeito Neném Borges, em consequência de investigações da Polícia Civil do Rio Grande do Norte.

O mandado foi expedido pela Comarca de São José do Campestre/RN. Após a captura, o investigado foi conduzido à 9ª Delegacia de Polícia Civil de SP, em Guarulhos.

De acordo com as investigações, o autor do crime é chefe local de uma facção criminosa interestadual e teria decidido matar o prefeito por causa do apoio institucional de Neném Borges às ações policiais no município. O crime aconteceu no dia 18 de abril de 2023, no município de São José de Campestre/RN.

O delegado Wellington Guedes, titular da 6ª Delegacia Regional de Nova Cruz/RN (6ª DR) e responsável pela investigação, informou que a Polícia Civil do Rio Grande do Norte irá solicitar o recambiamento de Vando Fernandes Gomes para concluir com as investigações.

Foto: Divulgação

 

 

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!