Condenado por estupro coletivo na Itália, Robinho será julgado dia 20 de março pelo STJ

O ex-jogador Robson de Souza, mais conhecido como Robinho, atualmente com 40 anos, condenado por estupro coletivo na Itália em 2017, terá seu caso analisado por 15 ministros da Corte Especial do STJ em 20 de março.

A sentença italiana de nove anos de prisão foi confirmada em 2022, e o Brasil negou a extradição devido à proibição de extraditar brasileiros natos.

A vítima foi uma jovem albanesa, e outros cinco brasileiros foram citados no caso, mas apenas Robinho e Ricardo Falco foram levados a julgamento. Ambos negaram a acusação, alegando que a relação foi consensual.

O MPF defende que Robinho, atualmente com 40 anos, cumpra a pena no Brasil. Atualmente em liberdade, o ex-jogador, com 40 anos, está proibido de deixar o país.

Foto: Reprodução

 

 

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!