Cultura em luto: Morre Rolando Boldrin, o Sr. Brasil, aos 86 anos

Este 09 de novembro já pode ser considerado um dos dias mais tristes para a arte brasileira. Após o anúncio do falecimento da cantora Gal Costa pela manhã, foi confirmada agora no final da tarde a morte do ator, cantor e apresentador Rolando Boldrin, em São Paulo aos 86 anos de idade. Ele estava internado no Hospital Israelita Albert Einstein há cerca de dois meses e a causa da morte foi uma insuficiência respiratória e renal.

Nascido em São Joaquim da Barra, interior de São Paulo, aos 16 anos Boldrin deixou sua terra natal em busca do sonho de ser artista e se tornou ator de filmes e de novelas. Entre 1950 e 1980, trabalhou em novelas da Rede Bandeirantes, RecordTV e Tupi, em tramas tramas como “A Muralha” e “Pé de Vento”, entre outras, e conviveu ao lado de artistas importantes, como Lima Duarte, Laura Cardoso e Dionísio Azevedo. Seu último trabalho em novela foi em “Os Imigrantes”, na Band.

Na música, estreou em 1960 como um participante do disco de Lourdinha Pereira, que viria a se tornar sua esposa mais tarde. Além de lançar seu primeiro álbum solo em 1974, “O Cantadô”, com as músicas “Eu, a viola e Deus”, “Acorda, Maria Bonita”, Moda do fim do mundo”, entre outras canções.

Mas foi como apresentador que Rolando Boldrin deixou sua marca registrada na história da cultura brasileira. Nos anos 80 à frente do programa “Som Brasil”, na Globo, o artista mudou a cara das manhãs de domingo, trazendo para a televisão rostos anônimos e famosos, contadores de “causos” e figuras que passariam a compor a música popular do Brasil.

Ao sair da Globo, seguiu na mesma toada e esteve adiante de outros programas como “Empório Brasileiro” (na Band) e “Empório Brasil” (SBT). Sua última atração foi o “Sr. Brasil”, nome que se fundiu à sua própria figura, na TV Cultura.

Em nota a TV lamentou a morte do apresentador: “A TV Cultura lamenta profundamente a morte do ator, cantor, compositor e apresentador Rolando Boldrin, na tarde desta quarta-feira (9), aos 86 anos. A TV Cultura agradece pela honra de ter contado com o brilhantismo de Boldrin em sua programação. E manifesta os mais sinceros sentimentos aos familiares e amigos deste artista gigante que jamais será esquecido”.

_____________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!

Matéria atualizada em 10/11, às 10h21min.