Enem começa neste domingo (21), RN tem 43% menos inscritos

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) abre as portas neste domingo (21) para o seu primeiro dia de provas. No Rio Grande do Norte, o número de candidatos inscritos é 43% menor do que no ano passado, ainda assim, 73 mil estudantes concorrem ao Exame.

Os dados englobam candidatos para as provas impressas (71.642) e os que optaram pelo formato digital (1.499). Ambas as avaliações são realizadas nos mesmos dias (21 e 28 de novembro) e horários e com o mesmo conteúdo.

Em julho, o Inep divulgou que 94.773 candidatos rinham realizado a inscrição no estado, mas reconheceu que o número poderia cair, já que o prazo para pagamento da inscrição ainda não havia terminado.

As notas do Enem são usadas para ingresso no ensino superior em todo o país. O exame é composto por 4 provas objetivas, que somam 180 questões divididas em quatro áreas de conhecimento.

AS PROVAS

21 de novembro

45 questões de linguagens;

45 questões de ciências humanas

uma redação.

 

28 de novembro

45 questões de matemática

45 questões de ciências da natureza.

*o segundo dia tem 30 minutos a menos.

 

Veja os horários de aplicação:

Abertura dos portões: 12h

Fechamento dos portões: 13h

Início das provas: 13h30

Término das provas no 1º dia: 19h

Término das provas no 2º dia: 18h30

 

Regras de prevenção à Covid-19

É obrigatório o uso de máscara durante a prova e no edital, também há a determinação para o uso de álcool em gel na higienização das mãos. Não seguir os protocolos de prevenção à Covid-19 é considerado critério de eliminação.

 

Perfil dos candidatos potiguares

Seguindo uma tendência nacional, a maior parte dos candidatos no Rio Grande do Norte são do sexo feminino: são 42.698 mulheres, que representam quase 60% do total de inscritos. Os dados desse perfil levam em conta apenas os candidatos da prova impressa.

Quanto à raça, 1.349 se dizem de cor amarela, 29.656 de cor branca, 224 indígenas e 6.468 pretos. A maioria é formada pelos pardos: 32.820. Outros 1.125 candidatos não informaram.