Flávio Dino toma posse como ministro do Supremo Tribunal Federal

Flávio Dino, ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, foi empossado como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 22 de fevereiro. Indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Dino assumiu a vaga deixada por Rosa Weber, aposentada em outubro do ano anterior. Aos 55 anos, Dino poderá permanecer no STF por até 20 anos, até atingir a idade de aposentadoria compulsória, aos 75 anos.

A cerimônia de posse contou com a presença de cerca de 800 convidados, incluindo o presidente Lula e os líderes da Câmara dos Deputados e do Senado. Dino herdou cerca de 340 processos do gabinete de Rosa Weber, incluindo casos relacionados à atuação do governo Bolsonaro durante a pandemia de covid-19 e à legalidade de indultos natalinos assinados por ex-presidentes.

Após ter seu nome aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado e pelo plenário da Casa, Dino foi ovacionado durante a cerimônia de posse. O presidente do STF, ministro Luís Roberto Barroso, elogiou a trajetória do novo ministro, descrevendo-o como uma figura respeitada e querida pela comunidade jurídica e política.

Dino é formado em Direito pela Universidade Federal do Maranhão e tem experiência como juiz federal, presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e chefe da Secretaria-Geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Antes de ingressar no STF, ocupou cargos políticos, incluindo deputado federal, presidente da Embratur e governador do Maranhão por dois mandatos.

Foto: Reprodução

 

 

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!