Governo do Estado concede primeiro “Selo Arte” para empresa de beneficiamento de pescado

O Governo do Estado por meio da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape/RN) entregou na manhã desta sexta-feira (04), o primeiro certificado de concessão do Selo Arte para a empresa “Sal i Pebre Brasil”, que trabalha no beneficiamento de pescado, comercializando atum e salmão em conserva e patês. Com a concessão, a empresa passa a ter autorização para a comercialização em todo o território nacional.

Ao entregar o certificado para a empresa, o titular da Sape, Guilherme Saldanha, destacou a importância do Selo concedido para o setor agroindustrial. “Hoje é um dia muito especial para o Governo e sobretudo para nossa Secretaria. É com muita alegria e responsabilidade que estamos entregando o primeiro Selo Arte no Rio Grande do Norte, uma chancela de qualidade e compromisso que abre portas para os nossos produtos em todo o território nacional”, declarou o secretário. Saldanha destacou ainda que a inserção dos pequenos produtores como fornecedores prioritários para as empresas detentoras do selo é um dos seus grandes diferenciais.

O empresário Jaime Serrano, idealizador da empresa Sal i Pebre, fala do orgulho de fazer parte da história da economia do Estado, gerando empregos e prestigiando nossos recursos naturais. “Primeiramente quero expressar minha gratidão e felicidade para todos que fizeram e fazem parte do processo. Vale ressaltar a importância desse incentivo a indústria local, sabemos a qualidade e o potencial de nosso produto e agora podemos mostrar para os demais estados brasileiros o nível e qualidade de produção do nosso Estado”, ressaltou.

 

Selo Arte

O Selo ARTE é um instrumento nacional de garantia de qualidade de produtos artesanais. Ele permite que produtos como queijos, embutidos, pescados e mel possam ser vendidos livremente em qualquer parte do território nacional. Um dos seus grandes diferenciais, como destaca o secretário Guilherme Saldanha, é exigir que as empresas que se candidatam a obtê-lo priorizem o produtor local como seu fornecedor. “Isso estimula os pequenos a melhorarem a qualidade e a produtividade de seus negócios. É um processo em que todos ganham”, diz Saldanha.

Os interessados devem apresentar um requerimento ao e-mail sapecoape@gmail.com com os seguintes documentos anexados:
– Memorial Descritivo do produto contendo a composição, descrição do processo de fabricação, controle de qualidade, armazenamento e transporte, além das características específicas do produto.
– Modelo de rótulo do produto com o Selo Arte dentro das especificações do MAPA.
– Certificação de Boas Práticas Agropecuárias e de Boas Práticas de Fabricação.

 

__________________
ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!