Ministério da Justiça anuncia nomeação de 80 policiais penais e construção de muralhas após fuga em Mossoró

Diante da fuga de dois detentos da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, confirmou , que foi feito um pedido para a convocação de 80 policiais penais federais aprovados em concurso público. Parte dos contingente será deslocado para Mossoró.

“Vamos requisitar a nomeação de 80 policiais penais federais que já foram aprovados em concurso público para reforçar o Sistema Prisional Federal. Nós requisitamos, e a nomeação depende de outro ministério. Parte desse contingente já será deslocada para Mossoró”, afirmou o ministro. O pedido está em análise pelo Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI).

Ricardo Lewandowski tanbém anunciou que o Ministério da Justiça e Segurança Pública irá modernizar o sistema de videomonitoramento dos cinco presídios federais e aperfeiçoar o controle de acesso, inclusive com reconhecimento facial de todos que ingressam nas unidades prisionais.

Também serão ampliados os sistemas de alarmes e sensores de presença nas unidades prisionais federais. O governo pretende ainda viabilizar, por meio do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), a construção de muralhas em todos os presídios federais, a exemplo do que foi feito no presídio do Distrito Federal.

*Com informações Agência Brasil

Foto: Reprodução

 

 

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!