Morre em Mossoró, aos 76 anos, o radialista, ex-vereador e ex-deputado estadual J. Belmont

O radialismo mossoroense amanheceu hoje mais triste, faleceu nesta quarta-feira (01), vítima de falência múltipla de órgãos J. Belmont, um dos mais respeitados radialistas do Rio Grande do Norte. José Janildo Belmont faria 77 anos no próximo dia 17, era natural de São José do Campestre. Filho de Severino da Costa Belmont e Maria da Conceição do Nascimento. Casado com a médica Jarda Jacinta e pai de Helena Jacinta Belmont e Eloah Jacinta Belmont.

Realizou seus estudos iniciais em sua cidade natal, no Grupo Escolar Padre Tomaz de Aquino, no Ginásio Diocesano Seridoense, em Caicó e no Atheneu Norte-rio-grandense, em Natal e iniciou o 2º Grau no Instituto Padre Miguelino, também na capital do estado.

Ingressou no rádio em 1964, na Rádio Trairi (atualmente Rádio Tropical), em Natal; trabalhou na Rádio Cabugi, em 1967, onde permaneceu até 1974. Chegou à Mossoró em 1975 e logo ingressou na Rádio Difusora de Mossoró. Também fez parte da grade de comunicação da Rádio Libertadora e Tapuyo de Mossoró. Ao longo de sua carreira idealizou e apresentou diversos programas como “Show J Belmont”, “A Discoteca do Belmont”, “Cidade Aflita” e “J. Belmont nas Tardes da Difusora”.

Em 1976 foi eleito vereador em Mossoró, pelo MPB, com 3.000 votos. Em 1978 concorreu uma vaga de Deputado Federal, onde conseguiu 12 mil votos, mas ficou na suplência. Em 1982 foi eleito deputado estadual, com 21 mil votos e renunciou no dia 12 de março de 1984.

A Rádio Difusora de Mossoró se sente imensamente e igualmente enlutada juntamente com cada familiar, amigo e ouvinte do nosso ilustre J. Belmont. O velório acontecerá a partir das 10h no Teatro Dix-huit Rosado e o sepultamento, no Cemitério Novo Tempo, ocorrerá às 16h.

 

Abaixo fotos de J. Belmont e a família Difusora.