MPF realizará inspeção no presídio federal de Mossoró nesta semana para identificar falhas

O Ministério Público Federal (MPF) realizará uma inspeção no presídio federal de Mossoró (RN) nesta semana, com o objetivo de identificar irregularidades e falhas na prisão de segurança máxima de onde Rogério Mendonça e Deibson Nascimento fugiram na última quarta-feira (14).

Quatro procuradores conduzirão a inspeção na unidade prisional. Um deles atua em Mossoró e acompanha de perto o inquérito aberto pela Polícia Federal na semana passada, enquanto os demais atuam na Paraíba, Pernambuco e Rio de Janeiro. Esses grupos foram formados pela procuradora-geral interina Elizeta Maria de Paiva Ramos para fortalecer a atuação na área.

A cela dos dois criminosos e outras áreas da prisão foram periciadas por equipes da PF na semana passada. A inspeção dos procuradores visa fornecer subsídios para a investigação das falhas no presídio. Com base nas informações levantadas, os procuradores devem propor medidas a serem adotadas para evitar futuras fugas.

Essa vistoria atende a um pedido feito pelo colegiado da Procuradoria-Geral da República (PGR) responsável pela coordenação dos procuradores que atuam em todo o país no controle externo da atividade policial e do sistema prisional. O órgão solicitou aos procuradores, no dia da fuga, informações sobre as medidas adotadas pelo MPF, tanto no âmbito judicial quanto extrajudicial, para investigar as falhas ocorridas na garantia da segurança máxima da penitenciária.

*Com informações CNN

Foto: Reprodução

 

 

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!