Mulher acusada de planejar o assassinato do marido em 2016 é julgada pelo TJP em Mossoró

Sadja Jayana Lopes Montenegro, de 32 anos, está sendo julgada pelo assassinato de seu marido, Tiago Wanderley Martins da Silva, ocorrido em 31 de março de 2016, Loteamento Santa Helena, em Mossoró. Tiago, que era dono de um lava-jato, foi morto a tiros em casa.

A denúncia do Ministério Público alega que Sadja, em conjunto com uma terceira pessoa não identificada, agiu com intenção de matar Tiago, motivada por razão torpe. O relacionamento tumultuado e traições mútuas são destacados nas investigações.

O julgamento acontece no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins, no Bairro Costa e Silva.

A tese da ré defendida por Justino Dutra Dantas e Abraão Dutra é de negativa de autoria enquanto que a acusação conduzida pelo promotor Armando Lúcio Ribeiro pede a condenação.

O juiz Vagnos Kelly de Medeiros preside os trabalhos.

Foto: Divulgação

 

 

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!