Polícia Civil apreende adolescente de 14 anos que mantinha 30 crianças como escravas sexuais pela internet

Um Adolescente de 14 anos foi apreendido no RN por manter 30 crianças como escravas sexuais via internet. A descoberta veio durante uma operação que frustrou um ataque a uma escola. As vítimas eram coagidas a satisfazer os desejos do agressor virtual, que também as induzia à automutilação. A informação foi dada na manhã desta sexta-feira (3) pela diretora do Departamento de Vulneráveis da Polícia Civil do RN, delegada Paola Maoués, em entrevista sobre a operação que frustrou um ataque contra escola no Rio Grande do Norte, à Radio 94FM de Natal.

“Nós apreendemos há cerca de um mês um adolescente de 14 anos que fez 30 vítimas no RN. Essas 30 vítimas tinham que satisfazer a lascívia dele através de rede social e se automutilar, inclusive colocando o nome dele no corpo”, declarou a delegada.

Ela alertou aos pais ou responsáveis que estejam atentos a mudanças de comportamento dos filhos.
” A criança ou o adolescente, ele está mais introspectivo. Estamos no calor, no sol, né? No verão. O adolescente ou a criança começa a só usar calça e moletom. Não está esquisito? Olha para o corpo do teu filho. Olha para o teu filho, né? Ele está com manchas, ele está com cortes. isso é um grande sinal de que ele esta sendo aliciado virtualmente”, afirmou.
A delegada enfatizou a necessidade de preparo para lidar com casos dessa natureza, já que muitos pais não estão familiarizados com esse tipo de ameaça virtual.

“O adolescente que está praticando fazendo vítimas, em rega, os pais não acreditam no que ele está fazendo. Todas as vezes que ouvimos os responsáveis, eles jamais conseguem acreditar. Até que nós mostramos tudo. Até que mostramos o conteúdo que é produzido por este adolescente’, finalizou.

Foto: Reprodução

 

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!