Política: Comissão do Senado aprova castração química para presos por crimes sexuais

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal aprovou o projeto de lei (PL) nº 3.127/2019, que prevê a castração química voluntária de reincidentes em crimes sexuais. O projeto, de autoria do senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) e relatado pelo senador Angelo Coronel (PSD-BA), foi aprovado com 17 votos favoráveis e três contrários.

Devido ao seu caráter terminativo, o PL segue diretamente para a Câmara dos Deputados, a menos que haja um recurso.

O relator propôs mudanças significativas, excluindo a possibilidade de castração física e optando por um tratamento de castração química com hormônios, que é reversível. A medida visa reduzir a reincidência de crimes sexuais ao diminuir os níveis de testosterona e a libido.

Além disso, o relator sugeriu aumentar as penas mínimas para crimes sexuais: estupro passaria a ter pena mínima de oito anos, violência sexual mediante fraude, quatro anos, e estupro de vulnerável, dez anos. Ele argumentou que essas medidas são mais eficazes do que a simples restrição de liberdade.

Foto: Reprodução

 

 

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!