Prefeitura Municipal de Ipanguaçu decreta estado de calamidade pública por 90 dias devido as chuvas

A cidade de Ipanguaçu, localizada no Oeste potiguar, enfrenta sérios problemas devido às chuvas intensas que causaram o transbordamento do Rio Pataxó e do açude de Pataxó.

A prefeitura decretou estado de calamidade pública por 90 dias devido aos impactos das chuvas, que incluem alagamentos de imóveis, perdas de pertences, danos à infraestrutura e isolamento de comunidades.

Cerca de 700 famílias, totalizando mais de 2,7 mil pessoas, estão ilhadas, com dificuldade de locomoção. Os bombeiros e a Defesa Civil auxiliam no transporte dos moradores.

A ponte do Rio Açu, importante acesso entre a cidade e Assu, rompeu-se, exigindo que os moradores das zonas rurais usem barcos para deslocamento.

Algumas famílias precisaram deixar suas casas devido ao risco de alagamento, sendo que oito delas estão abrigadas em uma escola municipal. O decreto de calamidade visa facilitar a alocação de recursos e implementar medidas de assistência às áreas afetadas.

Um comitê de crise foi criado para acompanhar a situação e medidas emergenciais estão sendo tomadas, como a dispensa de licitação para aquisição de bens necessários às atividades de resposta ao desastre.

Foto: Reprodução G1

 

 

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!