Reitora testa positivo para covid-19 e Ufersa suspende atividades presenciais por uma semana

A reitora da Universidade Federal do Semi-árido (Ufersa), professora Ludimilla Oliveira, testou positivo para a Covid-19 no último sábado (22), tendo que adiar para o dia 5 de fevereiro, viagem internacional que fará para a Eslováquia, onde passará parte de suas férias.

Em decorrência do aumento de casos de covid-19 e gripe, as atividades presenciais na Ufersa foram suspensas durante toda essa semana, ficando o trabalho sendo desenvolvido de forma não presencial (remoto), exceto manutenção, engenharia, limpeza e vigilância.

Com relação às atividades de pesquisas, a recomendação é para que aconteçam apenas aquelas que necessitem impreterivelmente de forma presencial, mas para que o máximo de atividades aconteça de forma remota, evitando desta forma, o contato de pessoas e a consequente proliferação de contágios. A decisão foi tomada após a testagem positiva de outros servidores que também estavam no trabalho presencial.

 

___________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!