Tribunal determina restituição de título de doutora à reitora da Ufersa após cassação pela UFRN por denúncia de plágio

A reitora da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), professora Ludimilla Carvalho Serafim de Oliveira, teve seu título de doutora restituído após ter sido cassado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em janeiro de 2023, em decorrência de uma denúncia de plágio em sua tese de doutorado.

A decisão foi tomada pela 1ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, com sede em Recife (PE), que confirmou, por unanimidade, a liminar concedida pelo desembargador federal Edvaldo Batista da Silva Júnior. Ludimilla expressou sua gratidão ao tribunal pela decisão, classificando-a como imparcial e justa, por meio de suas redes sociais.

“Quero expressar minha imensa gratidão ao tribunal por essa decisão justa e imparcial. Também não posso deixar de agradecer ao Dr. Marcos Lanuce, advogado de Mossoró, que teve uma atuação brilhante neste processo, atuando com muito zelo e empenho”, disse a reitora.

Ludimilla também agradeceu o apoio de amigos e familiares e reiterou sua disposição para com a Ufersa:

“Aos amigos e familiares que estiveram ao meu lado durante toda essa caminhada, me apoiando e dando forças para continuar lutando: vocês também foram fundamentais! Com fé em Deus, a vitória de hoje será mais uma peça fundamental para a nossa reeleição no dia 4 de Abril!”

Foto: Reprodução/Redes Sociais

 

 

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!