Vacinação antirrábica prossegue com pontos volantes nesta sexta-feira (05)

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), está dando continuidade nesta sexta-feira (05) a campanha nacional de vacinação antirrábica com 11 pontos volantes distribuídos pelas quatro regiões de Mossoró.

Os pontos foram as Unidades Básicas de Saúde Lucas Benjamim, no bairro Abolição III; Mário Lúcio de Medeiros, no Vingt Rosado; Aguinaldo Pereira, no Vingt Rosado; Francisco Marques, no Planalto 13 de Maio; José Holanda, no Dom Jaime Câmara; Sueldo Câmara, no Aeroporto; Dr. Epitácio da Costa, no Costa e Silva; Marcos Raimundo da Costa, no Belo Horizonte; e Antônio Camilo, na Ilha de Santa Luzia. Os outros dois pontos foram a Praça da caixa d’água, no Abolição I; e Stand da Mister, no conjunto Nova Mossoró.

“Estamos levando a vacinação antirrábica para 11 locais diferentes na cidade para dar prosseguimento a terceira semana com pontos volantes de imunização. Consideramos que é muito importante essa vacinação para o bloqueio do vírus da raiva no nosso município”, explicou o diretor administrativo do CCZ, João Paulo.

O último levantamento do CCZ mostrou que durante a campanha e a antecipação ocorrida antes do início oficial da ação em 4 de julho passado, Mossoró já imunizou 11.341 cães e gatos. A estimativa do órgão é imunizar 80% dos 38.118 animais domiciliares na segunda maior cidade do Rio Grande do Norte. A campanha de vacinação antirrábica se estenderá até o dia 2 de setembro próximo. O Dia D de vacinação ocorrerá em 20 de agosto.

A vacinação contra a raiva também está sendo realizada na sede do Centro de Controle de Zoonoses, localizada à rua Moisés da Costa Lopes, nº 83, bairro Nova Betânia. A imunização ocorre de segunda a quinta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 16h. Às sextas-feiras a vacinação acontece das 7h às 13h.

 

ORIENTAÇÕES

– Podem ser vacinados cães e gatos a partir dos três (3) meses de idade;

– Somente animais saudáveis devem ser vacinados contra a raiva;

– Animais debilitados ou suspeito de enfermidades, em tratamento ou convalescendo de cirurgias, devem aguardar a recuperação para serem submetidos à vacinação;

– Os cães devem ser conduzidos com coleiras por pessoas maiores de idade que possam conduzir com segurança o animal;

– Cães bravos ou mordedores devem utilizar sempre focinheira apropriada para evitar acidentes;

– Os gatos devem ser transportados em caixas apropriadas ou protegidos com mantas de pano com total segurança para evitar fuga durante a vacinação;

– A vacinação antirrábica ocorre anualmente.

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!