Violação dos direitos humanos teria motivado a fuga de Tatu e Martelo, afirma advogada de defesa dos fugitivos

A equipe de advogados do Instituto Anjos da Liberdade, responsável pela defesa de Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento, os dois foragidos da Penitenciária Federal de Mossoró, já se reuniu com os detentos recapturados.

Em entrevista para o Programa Patrulha da Cidade da TV Ponta Negra, nesta sexta-feira (6), a advogada Flávia Pinheiro Fróes afirmou que a culpa pela fuga é do próprio presídio, alegando uma violação de direitos humanos.

Segundo ela, os detentos estavam há 5 meses sem sair da cela sequer para tomar banho de sol. A visita do advogado do Anjos da Liberdade teve o objetivo de verificar se não houve nenhum tipo de agressão ou violação dos direitos humanos no momento da prisão.

A advogada destacou que os detentos não chegaram a entrar em contato nem com a família nem com o instituto em nenhum momento.

Foto: Reprodução

 

 

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!