Artista do Vale do Açu lança livro que reúne poesias e outros escritos poéticos

“O Orto e o Poema Torto” de Zelitto Coringa terá lançamento através de live.

 

Para celebrar mais um ano dedicado a cultura potiguar, o multiartista  carnaubaense, Zelitto Coringa lançará neste dia 30 de dezembro o livro de poesias “O Orto e o Poema Torto”, uma coletânea antológica e afetiva que reúne o melhor de sua produção literária e musical, já que alguns textos e letras de músicas também fazem parte da obra.

O lançamento será virtual através de uma live que poderá ser acessada às 20h no Instagram da Sociedade Literária Sertões do Açu. Para assistir a live, basta acessar o endereço  https://www.instagram.com/sociedade_literaria_sertoes/ e conhecer  mais sobre a obra e o autor.

 

O autor e a obra.

Ainda adolescente, Zelitto enveredou pelo caminho da escrita aos 16 anos de idade, motivado pela primeira leitura do livro “Vinténs de Cora – Meias Confissões de Aninha”, de Cora Coralina, livro que pegou na biblioteca da escola onde estudava em Carnaubais/RN.

O livro da poetisa goianiense, fazia parte de uma coleção de clássicos da literatura que ficara esquecida nas prateleiras da biblioteca.

Coringa relembra o início de sua jornada literária: “A casa de minha mãe era de um grupo rural, escola Isolada, minha mãe professora e escrevente de carta. Acredito este meu primeiro livro seja um apanhando dessas memórias traduzidas em poemas, ao todo são 35 anos de produção engavetados e que agora vão ganhar o mundo”.

O livro está dividido em três recitais que o autor denominou de “Acordes” e que vêm recheado de letras de músicas, discursos viajantes, cordéis, manifestos, escritos e outros motes.

No texto o discurso da vazante, Zelitto ergue a voz em defesa do Vale do açu: “Manteremos a coragem e soltaremos o verbo, recitando versos acima desta vazante seca, para que as gerações futuras saibam quanto vale este vale poético e politicamente desgovernado.”

Além de ser o primeiro livro publicado e reunir uma coleção de escritos antigos e atuais, “O Orto e o Poema Torto” vem dar um frescor poético ao ambiente rural do vale do Açu, com sua crônica pitoresca, beradêra e despretenciosa. Exemplares poderão ser adquiridos com o próprio autor através do telefone (Whatssap) 84 9 9864-4168.

O livro “O Orto e o Poema Torto” conta com o patrocínio da Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

 

___________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.
DIFUSORA – A FALA DO POVO!