Em protesto contra mina de carvão, Greta Thunberg é detida na Alemanha

A ativista Greta Thunberg foi detida nesta terça-feira (17), juntamente com outros manifestantes durante protestos contra a demolição de uma vila para as obras expansão de uma mina de carvão mineral a céu aberto, perto da cidade de Luetzerath, na Alemanha.

A polícia alemã afirmou que Greta fazia parte de um grupo de ativistas e que ela foi abordada e carregada pelos policiais para fora de uma região supostamente perigosa. Um dos ativistas chegou a pular na mina.

Ativistas climáticos argumentam que a vila e outras próximas não devem ser demolidas, e o carvão sob elas deve ser deixado no solo. A queima do carvão, segundo eles, prejudica as emissões de gases de efeito estufa.

Greta Tintin Eleonora Ernman Thunberg nasceu em Estocolmo em 3 de janeiro de 2003. É uma ativista ambiental sueca conhecida por ter protestado fora do prédio do parlamento sueco, e por ser a líder do movimento Greve das Escolas pelo Clima. O ativismo de Thunberg começou depois de convencer seus pais a adotar várias opções de estilo de vida para reduzir sua própria pegada de carbono.

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!

Foto: Reuters.