Oito eleitores foram detidos por uso de documentos falsos em cartórios do RN, diz TRE

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) relatou que oito eleitores foram detidos nas últimas duas semanas em cartórios do estado por apresentarem documentos falsos para transferência eleitoral. Os casos estão sendo investigados pela Polícia Federal como crimes eleitorais.

Na 46ª Zona Eleitoral em Ceará-Mirim, dois eleitores foram detidos após apresentarem documentos falsificados, enquanto na 7ª Zona Eleitoral em São José de Mipibu, três pessoas foram detidas por inconsistências em seus comprovantes de residência. Outros três eleitores foram presos na 9ª Zona Eleitoral em Goianinha por crimes semelhantes.

Os dois eleitores presos em Ceará-Mirim, na 46ª zona eleitoral, que atende os municípios de Pureza, Taipu e Ielmo Marinho passaram por audiênci de custódia. A juíza Niedja Fernandes dos Anjos e Silva concedeu a liberdade provisória, mas os eleitores e o pré-candidato envolvidos seguem sob investigação pela Polícia Federal.

Outras 4 pessoas foram presas em flagrante, no cartório eleitoral de Goianinha (9ª zona eleitoral) por também apresentarem documentos falsos para realizar a transferência de domicílio eleitoral seguem sendo investigadas pela Polícia Federal.

O TRE-RN destacou que muitos desses eleitores foram vítimas de promessas feitas por pré-candidatos, que oferecem vantagens como distribuição de alimentos, dinheiro ou promessas de cargos públicos em troca de votos e apoio. Essas práticas ilegais não apenas comprometem a integridade do processo eleitoral, mas também podem resultar em consequências legais tanto para os eleitores quanto para os candidatos envolvidos.

Portanto, o tribunal enfatizou a importância de os eleitores não se deixarem influenciar por essas promessas e de permanecerem vigilantes contra práticas fraudulentas durante o processo eleitoral.

Foto: Reprodução TRE/RN

 

 

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!