Polícia Militar recupera celulares roubados durante arrastão na quadra de esportes do Colégio Sementes

Criminosos armados praticaram um roubo na madrugada deste sábado, dia 6, contra um grupo de professores do Colégio Sementes que se preparava uma viagem até Fortaleza. O incidente ocorreu enquanto aguardavam o ônibus na quadra de esportes da escola localizada no bairro Planalto 13 de Maio, em Mossoró. Os professores foram obrigados a deitar no chão, com as cabeças para baixo, enquanto o roubo acontecia (foto 2). Foram levados pelos assaltantes cerca de 20 celulares, jóias e um veículo.

Ao tomar conhecimento do ocorrido por volta das 3h20min, o 2º Batalhão de Polícia Militar, por meio da Força Tática, foi direcionado para o local. Com as informações necessárias em mãos, iniciaram-se as buscas.

Ao chegar na localidade conhecida por Pirichil, atrás da rua Francisca de França, às margens do Rio Mossoró, em uma região de mata fechada, foram encontradas as vestimentas utilizadas pelos criminosos e alguns chips de celulares.

Após cerca de 500 metros de caminhada em uma estrada lamacenta, foram localizados 18 aparelhos celulares de diversas marcas e modelos, um relógio e um carro.

Diante da situação, as vestimentas usadas no crime e os objetos encontrados foram entregues na delegacia de plantão, para posterior devolução aos seus legítimos proprietários.

Em nota a direção do Colégio Sementes lamentou o ocorrido e informou que apesar do incidente, todos os professores estão bem.

Nota

Comunicamos a todos que na madrugada deste sábado, dia 6, houve um roubo a um grupo de professores do Sementes que iria à Fortaleza para uma formação pedagógica. O incidente aconteceu enquanto esse grupo aguardava a chegada do ônibus que os levaria para essa atividade.

É importante frisar que todos estão bem e a maior parte dos materiais roubados já foi recuperado graças ao rápido trabalho em conjunto da Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Civil Municipal.

No entanto, lamentamos também que episódios de insegurança como esse tenham se tornado rotina no noticiário local e que o exercício da educação, algo tão nobre, seja afetado desta forma.

Por fim, pedimos às autoridades competentes que os criminosos sejam identificados e punidos ao rigor da lei. Essa é a única medida que servirá como resposta a toda comunidade escolar.

Foto: Polícia Militar

 

 

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!