Sindicato define mais três pautas de reivindicações dos servidores do município

Em duas assembleias realizadas nesta terça-feira (17), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum), definiu juntamente com os servidores da Saúde, da Assistência Social e com os servidores gerais (regidos pela lei nº 003/3002), a pauta de reivindicação 2023 que será apresentada ao Executivo mossoroense. Em dezembro do ano passado a pauta da Educação já havia sido construída e enviada à Prefeitura.

Pela manhã, com profissionais da Saúde e da Assistência Social, ficaram definidas as seguintes pautas:

PAUTA DE REIVINDICAÇÃO DA SAÚDE 2023:

Reposição salarial de 35%;

Implementação do Piso da Enfermagem tão logo seja aprovado pelo Governo Federal;

Implementação do Piso dos ACSs e ACEs de acordo com a Emenda Constitucional nº 120;

Atualização do Teto do Auxílio-transporte;

Concurso público;

Insalubridade para os servidores que fazem jus;

Segurança nos locais de trabalho;

Reajuste das gratificações;

Reajuste nos valores dos plantões;

Reformulação no PCCR da Saúde;

Antecipação da data-base para janeiro;

14º Salários para ACEs e ACSs;

EPIS para ACEs e ACSs e demais categorias;

Aumento da jornada para quem requereu.

PAUTA DE REIVINDICAÇÃO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL:

Reposição salarial de 35%;

Atualização do Teto do Auxílio-transporte;

Concurso público;

Insalubridade para os servidores que fazem jus;

Segurança nos locais de trabalho;

Criação e implementação do PCCR da Assistência e Desenvolvimento Social;

Antecipação da data-base para janeiro;

Reabertura do Centro Geriátrico;

Aumento da jornada para quem requereu.

 

PAUTA DE REIVINDICAÇÕES DOS SERVIDORES GERAIS REGIDOS PELA LEI 003/2003:

À tarde, com os servidores gerais, as pautas definidas foram as seguintes:

Reposição salarial de 35%;

Concessão de licenças-prêmio a servidores que fazem jus;

Majoração da carga-horária dos servidores que fizerem jus;

Reformulação e atualização do PCCR dos servidores regidos pela lei 003/2003;

Atualização do Teto do Auxílio-transporte;

Retorno da insalubridade que foi retirada dos servidores que atuam em funções expostos a agentes nocivos à saúde;

Realização de concurso público;

Pagamento do retroativo 2016;

Reajuste do auxílio-deslocamento para os servidores que atual na zona rural;

EPIS (equipamentos de proteção);

Antecipação da data-base para janeiro;

Regulamentação da função de secretário-geral de escola.

“É um momento importante, de tomadas de decisões e apresentação de demandas. As duas assembleias foram muito produtivas, com boa participação dos servidores e ainda hoje encaminharemos ofícios para a Prefeitura e para as secretarias específicas com as pautas construídas”. Informa a presidente do Sindiserpum, Eliete Vieira.

__________________

ACOMPANHE MAIS DA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ (AM 1170)  aqui.

© DIFUSORA – A FALA DO POVO!